Arquivo

Arquivo de dezembro, 2009

Cresce monopólio sobre a soja

22, dezembro, 2009 Sem comentários

O cultivo da soja transgênica, regulamentado em 2005 pelo governo federal, deve alcançar 67% da produção nacional na safra 2009/2010, conforme pesquisadores e entidades que representam sementeiros e produtores em geral. A estimativa aponta uma expansão de 10% em relação à safra passada.

A reportagem é de José Maschio e publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 22-12-2009 (via IHU). Leia mais…

Boletim 471

18, dezembro, 2009 Sem comentários

###########################

POR UM BRASIL LIVRE DE TRANSGÊNICOS

###########################

Número 471 – 18 de dezembro de 2009

Car@s Amig@s,


A soja transgênica produzida pela parceria Basf-Embrapa, aprovada há poucos dias, é tida como alternativa à soja da Monsanto, a Roundup Ready. Junto de sua aprovação pela CTNBio veio o anúncio da breve chegada ao mercado de alternativa para o controle do mato que não é mais controlado no sistema de soja RR porque ganhou resistência ao glifosato. Ou seja, fizeram uma soja transgênica tolerante a herbicidas para combater os problemas deixados para trás por uma soja transgênica tolerante a herbicidas. Leia mais…

Bayer pagará multa milionária por contaminação de arroz transgênico

18, dezembro, 2009 Sem comentários

O tribunal do distrito de San Luis, nos EUA, concedeu indenização de cerca de dois milhões de dólares a dois agricultores cujas colheitas de arroz foram contaminadas por variedades transgênicas da Bayer. Este processo pode ser considerado um importante precedente para as 3.000 demandas de arrozeiros prejudicados pela contaminação da Bayer nos estados de Missouri, Arkansas, Texas e Mississipi. Leia mais…

Presidente da CTNBio terá de se explicar em duas comissões da Câmara

18, dezembro, 2009 Sem comentários

Nesta quarta-feira (16/12) a Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara dos Deputados aprovou requerimento do Dep. Paulo Teixeira (PT-SP) para convidar Walter Colli, Presidente da CTNBio (Comissão Técnica Nacional de biossegurança), para se explicar sobre sua proposta de abolir as regras de monitoramento de transgênicos contidas na Instrução Normativa nº 5/2008 (ver Boletim 470). Leia mais…

Categories: CTNBio Tags:

Mais evidências sobre os riscos dos transgênicos para a saúde

18, dezembro, 2009 Sem comentários

Pesquisadores da Universidade de Caen e Rouen, na França, conduziram avaliação detalhada sobre efeitos de transgênicos na saúde de mamíferos. Os resultados mostram efeitos colaterais no fígado e rins, danos no coração, glândula supra-renal, baço e sistema hematopoiético (responsável por formar os constituintes do sangue). Leia mais…

O veneno no pão nosso de cada dia

16, dezembro, 2009 Sem comentários

O veneno no pão nosso de cada dia: aproveitamos o título da reportagem da revista Caros Amigos deste mês para chamar atenção para a importância de sua manifestação nas consultas públicas sobre a reavaliação toxicológica de agrotóxicos no Brasil.

Como o próprio nome diz, a consulta é pública, aberta a toda a sociedade, não sendo necessário formação específica, vínculo institucional ou qualquer outro requisito. Basta enviar para os contatos abaixo sua posição exigindo do Poder Público seu direito a alimentos saudáveis, livres de agrotóxicos (algumas organizações já se manifestaram e seus documentos (links abaixo) podem ser aproveitados, se houver interesse). Leia mais…

Reavaliação toxicológica de agrotóxicos

16, dezembro, 2009 Sem comentários

Nos dois arquivos anexos é possível conhecer as contribuições enviadas à Anvisa pelo Idec em apoio ao banimento dos agrotóxicos Endossulfam e Acefato.

CP61_Endossulfam_IDEC

CP60_Acefato_IDEC

Categories: agrotóxicos Tags: , ,

Santa Catarina pode vetar transgênicos na merenda escolar

14, dezembro, 2009 Sem comentários

04/12/2009 – 13h18min

Deputados aprovam proibição de transgênicos na merenda escolar

Uma prova de que a persistência tem seu valor é o projeto 382/07, de autoria da deputada Professora Odete de Jesus (PRB). Levado à votação após dois anos de tramitação, foi aprovado na última quinta-feira (3) pela Assembleia de Santa Catarina. Caso seja sancionado pelo Governo do Estado, proibirá o uso de alimentos geneticamente modificados (transgênicos) na merenda escolar dos alunos de estabelecimentos de ensino da rede pública. Leia mais…

Eucalipto, monocultura e insustentabilidade ambiental

14, dezembro, 2009 Sem comentários

Artigo de WAGNER GIRON DE LA TORRE, Defensor Público no Estado de São Paulo e Coordenador da Defensoria Regional de Taubaté.

“Em três ações civis públicas ajuizadas em São Luiz do Paraitinga, Distrito de Catuçaba e Piquete, Defensoria Pública do Estado de São Paulo conseguiu acessar decisões judiciais suspendendo os projetos futuros do monocultivo nessas localidades até que as empresas responsáveis pela exploração desmedida dos recursos naturais realizem os necessários Estudos de Impactos Ambientas (EIA/RIMA) em cada plantio, devidamente guarnecidos com as audiências públicas junto às populações afetadas.”

Artigo na íntegra: eucalipto_wagner_giron

Boletim 470 – 11 de dezembro de 2009

11, dezembro, 2009 Sem comentários

###########################

POR UM BRASIL LIVRE DE TRANSGÊNICOS

###########################


Número 470 – 11 de dezembro de 2009


Car@s Amig@s,


Com o aval do Ministério da Ciência e Tecnologia, o presidente da CTNBio Walter Colli fez de tudo e mais um pouco para derrubar as atuais regras de monitoramento pós-comercialização de transgênicos. Empenhou-se até demais, tanto é que ganhou um “puxão de orelha” da Folha de São Paulo, cuja posição sempre foi abertamente favorável aos transgênicos. Para os editores do jornal, ao dizer que a tal regra é um “lixo”, Colli desqualifica norma que ele mesmo assinou e “lança suspeita desnecessária sobre a independência da comissão diante dos interesses da indústria”.

Leia mais…

Categories: CTNBio, editorial, transgênicos Tags:

Empresa fica livre de rastrear efeitos de transgênicos

11, dezembro, 2009 Sem comentários

Dividida, CTNBio muda interpretação sobre monitoramento e exige apenas que seja feito alerta em caso de problema no consumo

Comissão autoriza mais uma variedade de soja resistente a herbicida, que foi desenvolvida com a participação da Embrapa

FOLHA DE SÃO PAULO, 11/12/2009 – O monitoramento de eventuais efeitos adversos no consumo de organismos geneticamente modificados foi mantido ontem pela CTNBio (Comissão Técnica Nacional de Biossegurança), mas ganhou uma nova interpretação, que desobriga as empresas que comercializam ou usam transgênicos na produção de alimentos de rastrear esses eventuais efeitos.

A nova interpretação deverá ser formalizada até fevereiro, quando o atual presidente da comissão, Walter Colli, deixará o cargo. Essa nova interpretação dirá que o monitoramento posterior à liberação comercial de organismos geneticamente modificados se limitará à exigência de um alerta aos órgãos de vigilância sanitária de eventuais problemas no consumo humano ou animal de alimentos transgênicos. Leia mais…

CTNBio recua e mantém monitoramento

11, dezembro, 2009 Sem comentários

VALOR ECONÔMICO, 11/12/2009 – Sem apoio da maioria dos membros da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), o presidente do colegiado, Walter Colli, decidiu ontem recuar parcialmente em sua proposta de acabar com a exigência de monitoramento de organismos geneticamente modificados (OGMs) no país. Sob o apelo de vários cientistas, até dos mais favoráveis à liberação comercial dos transgênicos, Colli capitulou. ´Se monitorar for apenas para alertar o sistema de saúde, e desde que não se exija responsabilidade de terceiros, ficamos com a RN 5 [resolução normativa] como está´, afirmou o presidente da CTNBio. Leia mais…

Categories: CTNBio, transgênicos Tags:

Monitoramento da saúde continua

11, dezembro, 2009 Sem comentários

O ESTADO DE SÃO PAULO, 11/12/2009 – Diante de polêmica, o presidente da CTNBio, Walter Colli, retirou ontem da pauta de votação sua proposta de acabar com o monitoramento de eventuais efeitos nocivos de transgênicos à saúde animal e vegetal.´Sabia que não teria aprovação. Mas queria chamar atenção para a discussão. Coloquei o bode na sala´, justificou. A resolução 5, aprovada em março de 2008, determina o monitoramento periódico dos efeitos de transgênicos liberados comercialmente. Pela proposta de Colli, permaneceria apenas a necessidade do acompanhamento ambiental.

Moção de repúdio à CTNBio

11, dezembro, 2009 Sem comentários

09/12/2009 – Nós, organizações da sociedade civil, redes e grupos de pesquisa reunidos na Reunião Ampliada da Coordenação Nacional da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) repudiamos a iniciativa da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) de alterar a Resolução Normativa nº 5 de março de 2008, aprovando o fim do monitoramento dos efeitos de organismos geneticamente modificados sobre a saúde humana e animal, o meio ambiente e os vegetais.

É inaceitável que esta Comissão Técnica – cujo mandato suporia o compromisso com a não-exposição humana aos riscos inerentes à tecnologias que envolvem transgênicos – capitule às pressões dos grandes conglomerados da biotecnologia e do agronegócio e abra mão do seu poder de monitorar a disseminação de técnicas que são reconhecidamente objeto de incertezas científicas, além de serem responsáveis pela contaminação de cultivos, dependência econômica dos produtores rurais, redução da biodiversidade e monopolização da produção de alimentos e de sementes por empresas privadas. Leia mais…

Categories: alimentação, CTNBio, transgênicos Tags:

Lixo transgênico, editorial da Folha de São Paulo

11, dezembro, 2009 Sem comentários

10/12/2009 – “LIXO”: foi este o vocábulo usado por Walter Colli, presidente da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), para qualificar uma norma sobre transgênicos, a resolução normativa nº 5, que ele mesmo assinou em 2008. A norma exigia monitoramento pós-comercial desses produtos e pode ser derrubada na sessão da CTNBio prevista para hoje. Leia mais…

Categories: CTNBio, transgênicos Tags: