Arquivo

Textos com Etiquetas ‘impactos’

Alertan sobre los impactos de los cultivos transgénicos en Uruguay

18, setembro, 2016 Sem comentários

::

A dos décadas de la aprobación del primer cultivo genéticamente modificado en Uruguay, sectores sociales y organizaciones ambientalistas alertan sobre el impacto y los riesgos que este modelo agrario representa para el medio ambiente y la salud de la población.

teleSUR

Soja RR reduz fixação de Nitrogênico e absorção de nutrientes

19, janeiro, 2011 Sem comentários

Pesquisa recém publicada na revista Ciência Rural mostra que as doses crescentes de glifosato exigidas pela soja RR da Monsanto prejudicam a absorção de micronutrientes, reduzem a nodulação e a produção de massa seca.

Outdoor em Cascavel - PR: Entidades do agronegócio alegavam que menos veneno seria usado na soja da Monsanto. E agora?

A íntegra do estudo está disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782011000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Taí mais uma pesquisa, publicada em revista especializada, confirmando aquilo que os críticos dos transgênicos alertam há pelo menos uma década.

..

RESUMO

Com o desenvolvimento da soja resistente ao glifosato, Roundup Ready (RR), observa-se um aumento considerável no uso desse herbicida, com aplicações de três a quatro vezes durante o ciclo da cultura. Dessa forma, essas aplicações podem estar influenciando a nutrição mineral da cultura. Objetivou-se realizar este experimento para avaliar a influência do glifosato na eficiência nutricional de N, Mn, Cu, Zn e Fe pela soja transgênica cv. ‘P98R31 RR’. O experimento foi realizado em casa de vegetação, na ESALQ/USP, Piracicaba (SP), em 2009. A unidade experimental foi constituída por vaso contendo 11kg de substrato (NITOSSOLO VERMELHO Eutroférrico latossólico), com duas plantas por vaso. Os tratamentos foram arranjados em um esquema fatorial 5X5, com cinco níveis do fator Mn (0, 20, 40, 60 e 80mg dm-3) e cinco de glifosato (0; 0,648; 1,296; 1,944 e 2,592kg i.a. ha-1), sendo que o Mn foi fornecido a partir do sulfato de manganês (MnSO4.H2O). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Não houve influência na resposta das plantas com relação ao fator Mn. A aplicação de glifosato interferiu de forma negativa na eficiência nutricional da planta e nos teores totais de N, Mn, Cu, Zn e Fe. A utilização de glifosato causou redução ao número de nódulos e redução na produção de massa seca.

CONCLUSÃO

Não houve influência na resposta das plantas com relação aos níveis de Mn utilizados no experimento. A aplicação de glifosato interferiu de forma negativa na eficiência de: absorção de N e Fe, uso de N, Fe e Cu na planta e nos teores totais de N, Mn, Zn, Cu e Fe. Não houve efeito na eficiência de translocação dos nutrientes avaliados na planta, mediante os tratamentos utilizados. A utilização de glifosato nas condições de casa de vegetação causou redução no número de nódulos na soja cv. ‘P98R31 RR’. A produção de massa seca reduziu-se com o aumento das dosagens de glifosato.

Monitoramento da saúde continua

11, dezembro, 2009 Sem comentários

O ESTADO DE SÃO PAULO, 11/12/2009 – Diante de polêmica, o presidente da CTNBio, Walter Colli, retirou ontem da pauta de votação sua proposta de acabar com o monitoramento de eventuais efeitos nocivos de transgênicos à saúde animal e vegetal.´Sabia que não teria aprovação. Mas queria chamar atenção para a discussão. Coloquei o bode na sala´, justificou. A resolução 5, aprovada em março de 2008, determina o monitoramento periódico dos efeitos de transgênicos liberados comercialmente. Pela proposta de Colli, permaneceria apenas a necessidade do acompanhamento ambiental.